reduzir-custos-de-condominio

Confira 5 dicas para reduzir custos do seu condomínio!

Essas 5 dicas podem te auxiliar a reduzir custos em seu condomínio e ainda ajudar a deixar os seus condôminos ainda mais satisfeitos com os serviços!

Manter um condomínio não é fácil, e muitas vezes pode até ter um custo alto, devido a todas as coisas que devemos contratar, como a limpeza, porteiros para as portarias, zelador, entre outros, e devido a esses custos muito altos, os condomínios acabam tendo que aumentar as taxas condominial dos condôminos e isso acaba gerando a insatisfação deles, chegando até a questionar a relação entre custo-benefício que estão tendo morando nele.

Sabendo disso, no post de hoje, nós, da Mafra & Salgado, vamos dar a você 5 dicas do que você pode fazer para reduzir custos em seu condomínio.

1 – Reduza nas despesas de água e de luz que há dentro do condomínio

As contas de água e de luz são gastos necessários em um condomínio, entretanto, a cada ano que se passa, o valor para cada litro de água consumida ou para cada Wat tem aumentado consideravelmente, então, uma das maneiras de reduzir os custos de seu condomínio, é economizar o máximo possível nessas despesas.

Para economizar na luz, por exemplo, é importante optar por colocar lâmpadas de LED espalhadas pelo condomínio, pois elas têm um consumo bem menos do que as lâmpadas comuns e fará uma grande diferença na sua conta na hora que chegar. Para corredores que não há pessoas com muita frequência, é importante colocar lâmpadas com sensores de presença que só acendem quando alguém passa no local, pois isso fará com que você não gaste tanta energia sem precisar e vai ajudar a reduzir custos no condomínio.

2 – Funcionários

Os maiores gastos com condomínios estão relacionados aos funcionários, mas calma, não necessariamente você precisará demiti-los para reduzir custos em condomínios. A maior parte desse gasto com eles é devido a horas extras que podem estar fazendo, o que pode ser devido ao acúmulo de funções.

Por isso, antes de demitir qualquer colaborador de seu condomínio para reduzir os custos dele, é importante fazer uma análise sobre o porquê desses gastos com os funcionários estarem altos e, caso seja por acúmulo de funções, achar maneiras melhores de distribuir essas funções.

3 – Inadimplência e taxas condominiais

Um outro fator que pode estar relacionado os gastos a mais em um condomínio, é o tanto de moradores inadimplentes que estão morando no local.

As taxas condominiais são para manter as manutenções, limpezas e segurança do condomínio. Sem elas, deixará um furo de caixa grande que pode acabar prejudicando a parte financeira do local, atrasando as contas, gerando multas e, consequentemente, mais despesas.

Por isso, é importante que você sempre esteja cobrando os moradores inadimplentes para que eles paguem as suas dívidas, multas e taxas condominiais em dia, para que o condomínio também consiga arcar com as suas despesas e não tenha custos extras, pois isso poderá acabar virando uma “bola de neve” e prejudicar os outros moradores também, gerando a insatisfação dos condôminos.

4 – Organização de contas a pagar e a receber

Como dito acima, o atraso de contas em um condomínio pode gerar multas e taxas maiores a serem pagas, o que pode render gastos extras e aumentar os custos de suas despesas.

Para reduzir custo em um condomínio é importante manter as contas organizadas para que você as consiga pagar dentro dos prazos para que isso não gere juro, tendo que pagar a mais por causa disso e às vezes até tendo que aumentar a taxa condominial para pagá-la.

Além disso, organizando todas as contas, você poderá identificar quais você consegue pagar até antes do prazo, gerando, por algumas empresas, um desconto em suas contas a pagar e reduzindo custos no condomínio.

5 – Reduzir custos em condomínio com portaria virtual

A portaria é uma das partes do condomínio em que mais se tem funcionário. Você precisa de, pelo menos 2 colaboradores para fazer a vigia e o atendimento do condomínio 24 horas por dia.

Uma maneira de evitar esses custos é com a contratação de uma portaria virtual, que trará uma empresa com uma equipe especializada em gestão e automação de condomínios, que controlará toda a entrada e saída de pessoas, toda a segurança e atendimento, auxiliando, também, o síndico na área financeira e de gestão de seu condomínio.

Devido a equipe especializada nessa gestão, a contratação de uma portaria virtual dispensará o uso de porteiros 24 horas, caso queira (tendo a opção de colocar porteiro nos horários de mais movimento), o que poderá te ajudar com a redução de custos de funcionário, fazendo uma redistribuição de funções para eles, além de auxiliar o síndico do local na gestão, sem gerar acúmulo de funções para o mesmo.

Equipe Mafra & Salgado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *